segunda-feira, 25 de junho de 2012


Gíria Gaúcha


Gíria é uma linguagem usada por determinados grupos que os define e exitem vários tipos. As gírias Gaúchas são criadas com intuito de fazer humor, segredo, facilitar o entendimento ou até mesmo distinguir um grupo dos demais.Aqui vão algumas gíria de Gaúcho. 1. Guri – Menino 2. Naco – Pedaço 3. Tererê – Chimarrão com Água Fria 4. Pilcha – vestimenta gaúcha 5. De cara – Chocado 6. Tchê – Surpresa 7. Taita – Destemido 8. Baia – Casa 9. Baita – Grande 10. De canto – DiscretamenteTCHÊ: Gente, essa interjeição expressa um pouco de tudo: raiva, surpresa, alegria, ... Não é muito usada por jovens, mas sim por pessoas mais velhas e do sexo masculino. BAH! : Exprime espanto. Bah! Muito usada por todos os gaúchos. TRI LEGAL: Quando algo é bom, é legal; quando é muito bom, é Tri Legal! Muito usada por jovens. ACOAR: Latir, ladrar. CUSCO/GUAIPECA: Cão pequeno, de raça ordinária. DAR UMA FACADA: Pedir dinheiro emprestado. DAR UMA CHAMADA: Passar uma advertência. DEITAR O CABELO: Fugir à disparada. DE VEREDA: Imediatamente, de repente. EMBROMAR: Levar muito tempo para fazer alguma coisa. EM CIMA DO LAÇO: Imediatamente, em seguida. ESTICAR A CANELA: Morrer. GAITADA: Gargalhada. GAUCHADA: Façanha de gaúcho. GURI/GURIA: menino JUNTAR OS TRAPOS: Casar. LAMBANÇA: Bate-boca; bagunça. MATAR CACHORRO À GRITO: Andar sem dinheiro, desempregado. NO MATO SEM CACHORRO: Em dificuldades. POVARÉU: Multidão de pessoas. QUEBRA-COSTELA: Abraço muito apertado. DE MALA E CUIA: Viajar com muitos pertences.
BAGUAL: Idiota.Esse dicionário é quase perfeito:Alemoa: loura Atorá: cortar Atucanado: ocupado, atarefado Baita: grandeBem Capaz: jamais, negação enfatizada
Camassada de pau: apanhar
Campiá: procurar
Capaz: verdade?
Chumaço: conjunto de alguma coisa
Cóça de laço : apanhar
Crêendios pai: exclamação quando algo dá errado
De revesgueio: de um tal jeito
Fincá: cravar
Garrão: calcanhar
Incebando: enrolando, fazendo cera
Ingrupi: enganar
Ínôzá: amarrar (já viu palavra com todas as sílabas com acento?)
Intertê: fazer passar o tempo com algo
Inticá: provocar
Invaretado: nervoso
Japona: jaqueta de lã ou de nylon
Jóssa: coisa
Judiá: mal tratar
Kakedo: pessoas que não valem nada
Lagartiando: ficar exposto ao sol, principalmente nos dias frios.
Malinducado: mal educado
Paiêro: fumo de palha
Pânca: modo de se portar, por exemplo: panca de motoqueiro
(jeito de motoqueiro)
Pare, home do céu: parar, o mesmo que ‘se par de bobo’ e deusolivre home’.
Pardal: radar fixo
Pestiado: com alguma doença
Pexada: acidente
Podá: ultrapassar, ou cortar, o mesmo que podá
Pozá: dormir em algum lugar
Rancho: compra do mês
Relampejando: trovejando
Resbalão: escorregar
Sinalêra: semáforo
Táio: corte
Tchuco: bêbado
Trupicá: tropeçar
Tri atucanado: muito ocupado
Tunda de laço : apanhar
Vortiada: passeio

Cagar a pau: bater
Ximia: doce de passar no pão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário